Taça de Portugal de ciclocrosse – Vitor Santos garante vitória a uma prova do fim

Por | 07-01-2018 | CicloCrosse, Notícias

Como era de esperar, tendo em conta o domínio nas corridas anteriores, Vitor Santos  (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão) garantiu a vitória da Taça de Portugal de ciclocrosse, faltando ainda uma prova para o fim.

Em Marrazes, Leiria, a prova de elite masculina teve grande intensidade e competitividade. À entrada para a última volta rolavam sete corredores separados por menos de um minuto, adivinhando-se uma disputa apertada pelos lugares cimeiros, depois de o dominador da corrida até então, Roberto Ferreira (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão), ter perdido posições devido a um furo.

Nas últimas pedaladas, Bruno Silva e Vítor Santos chegaram juntos à meta. O primeiro ganhou a corrida deste domingo, enquanto Vítor Santos, que vencera as três etapas anteriores, ficou com um segundo lugar que soube a ouro, já que assegurou, matematicamente, a conquista da Taça de Portugal. O terceiro classificado foi Fábio Ribeiro (ProRebordosa/Oforsep/RJ Gorup), a 8 segundos.

Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) revelou grande superioridade na prova de elite feminina, concluindo a corrida com uma vantagem de 4m03s face à adversária mais direta, Ana Vigário (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana). A terceira classificada, a 6m26s, foi Nádia Mendes (Transfor/Fátima BTT).

O triunfo em Marrazes permitiu a Daniela Pereira reforçar o estatuto de candidata principal à conquista da Taça. Iniciou a terceira etapa com 20 pontos de vantagem sobre Ana Vigário, tendo ampliado a margem para 40.

Jéssica Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde) foi a melhor na categoria de sub-23 femininas.

O júnior Guilherme Mota (Alcobaça CC/Crédito Agrícola) estreou-se da melhor forma na Taça de Portugal, vencendo a etapa leiriense. Como estreante, não entra nas contas da luta pela geral, que é comandada por Hélder Gonçalves (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact), que hoje não foi além da sétima posição.

Diogo Neves (BTT Loulé/BPI/Elevis) e Ana Santos (ASC/Focus Team/Vila do Conde) impuseram-se em cadetes e são os primeiros da geral nesta categoria. Ana Santos selou neste domingo a conquista da Taça, enquanto no setor masculino as contas do ranking ainda se mantêm em aberto.

Nas categorias de veteranos os mais fortes foram o master 30 Michel Machado, o master 40 Hugo Moreira, o master 50 Rodolfo Lopes (ASC/Focus Team/Vila do Conde) e a master feminina Raquel Marques (ASC/Focus Team/Vila do Conde).

Tomás Mota foi o melhor juvenil, um escalão sem ranking, por ainda fazer parte da categoria das escolas.

O ciclocrosse terá um mês de janeiro de grande intensidade competitiva. No próximo fim de semana, em Melgaço, disputa-se o Campeonato Nacional. No dia 21, a cidade de Ermesinde recebe a quinta e última prova da Taça de Portugal, primeira corrida de ciclocrosse portuguesa que integra o calendário internacional.

Classificações completas aqui.

Ranking geral aqui.

Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

Fotos: Federação Portuguesa de Ciclismo

 

Mr. B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais