Tour de França – As etapas, as equipas e ante-visão

  • 04-07-2019
  •  

    Para todos os amantes do ciclismo, e neste caso também para os outros (porque todos vêem o Tour), este é “o Tour” dos artigos sobre o Tour.

    Tudo o que precisas saber sobre o Tour 2019.

    O Homem da Marreta versão Tour, é o mítico Diabo.

    O Tour 2019 vai para a estrada já no próximo sábado dia 6 de Julho, e este ano a maior expectativa foi criada por factores não controlados pela organização da prova.

    Em disputa pela classificação geral

    Alguns dos favoritos à classificação geral como Chris Froome ou Tom Dumoulin não estarão presentes por lesão, Geraint Thomas também teve uma queda no “Criterium du Dauphiné”, e embora tenha presença confirmada, não vai estar com a preparação desejada para a prova.

    Estas ausências deixam a sensação de que este ano poderá ser a oportunidade para aqueles que procuram a sua primeira vitória no Tour.

    Ainda assim, Geraint Thomas (vencedor em 2018) parte como um dos favoritos, a par do seu companheiro de equipa Egan Bernal.

    Sem o seu líder presente, Geraint Thomas tem uma oportunidade de ouro para vencer o seu segundo Tour.

    Depois, temos nomes com palmarés como Nibali (que fez o Giro de Itália 2019 e não se sabe como estará a sua condição física para as 3 semanas do Tour, mas é um vencedor de 3 grandes voltas), Nairo Quintana (vencedor de um Giro e uma Vuelta), Riguberto Urán (pódio no Tour em 2017) e Simon Yates (que tal como Nibali fez o Giro 2019, mas já é vencedor de uma Vuelta a Espanha).

    Apesar de Greg LeMond afirmar não acreditar que Quintana alguma vez vença o Tour, a Movistar aposta mais um ano no Colombiano para liderar a equipa nesta competição.

    Este pode ser também o ano dos franceses Romain Bardet ( que conta com dois pódios no Tour, em 2016 e 2017, TOP 10 o ano passado), e Thibaut Pinot (que além de vários TOP10 em grandes voltas conta com um pódio no Tour em 2014). Pelo menos os franceses assim acreditam e colocam pressão, como se pode ver por esta capa do jornal L’Equipe.

    Com as ausências de Froome e Dumoulin, os franceses também acreditam que este ano é uma grande oportunidade para um ciclista nacional vencer o Tour.

    Existem alguns ciclistas que apesar de não contarem com vitórias ou pódio em grandes voltas podem surpreender, como Mikel Landa (que tal como Nibali fez o Giro de Itália 2019, mas finalizou TOP10 no Tour o ano passado), Steven Kruijswijk (vários TOP10 em grandes voltas, inclusive no Tour 2018), Ilnur Zakarin numa condição parecida à de Landa (também vem do Giro 2019), Adam Yates (TOP 10 em 2016 no Tour) e Richie Porte (que não terminou os dois últimos Tour de França por lesão, mas antes destes foi TOP10 em 2016), bem como Daniel Martin que terminou TOP10 nas últimas 3 edições do Tour.

    Richie Porte não terminou as duas últimas edições do Tour por lesão e falta-lhe uma grande vitória na sua carreira, poderá o australiano vencer este ano?

    E ainda temos aqueles que podemos chamar de “outsiders”, como o jovem Enric Mas (pódio na Vuelta a Espanha 2018), Fabio Aru que só o colocamos como “outsider” por não contar com resultados de destaque desde que assinou pela UAE Team Emirates, mas é um ciclista que conta com vários TOP10 em grandes voltas e uma vitória na Vuelta a Espanha em 2015.

    O jovem espanhol Enric Mas não tem uma equipa feita para o apoiar, apesar disso em 2018 terminou em 2.º na Vuelta a Espanha

    Luta pela classificação por pontos e etapas ao sprint

    Após 12 anos consecutivos a estar na linha de partida, com um palmarés invejável de 30 vitórias de etapa (só Eddy Merckxx tem mais, com 34), o mítico Mark Cavendish não irá alinhar no Tour 2019.

    Mark Cavendish é um mito, com 30 vitórias de etapa no Tour.

    No que respeita a sprinters, outras ausências importantes são as de Fernando Gaviria, Arnaud Demare, Pascal Ackermann e Nacer Bouhanni.

    Após abandono no Giro de Itália, Fernando Gaviria também não estará presente no Tour

    Assim, a batalha pelas etapas ao sprint e camisola verde fica entregue a Elia Viviani, Peter Sagan, Caleb Ewan, Dylan Groenewegen, Alexander Kristoff , Michael Matthews, Boasson Hagen, André Greipel, que apesar de estar numa equipa “Pro-Continental” continua a ser uma referência e o emergente Wout van Aert (que embora trabalhe para Groenewegen) já deixou cartão de visita no “Critérium du Dauphniné”.

    Tendo em conta os resultados conseguidos este ano por parte dos ciclistas candidatos à camisola verde, Peter Sagan parece ter a tarefa mais difícil que em edições anteriores.

    A mítica camisola das “bolinhas”, classificação da montanha

    Julian Alaphilippe é o grande favorito à classificação da montanha.

    O grande favorito para vestir esta camisola é o número 1 do ranking UCI, Julian Alaphilippe que em 2018 foi o vencedor desta classificação, mas existem outros pretendentes, como Warren Barguil recentemente sagrado campeão francês e vencedor desta classificação em 2017, Giulio Ciccone que fez um soberbo Giro de Itália este ano vencendo esta classificação, ou ainda Thomas de Gendt que é especialista na sua boa colocação em fugas e graças a isso ganhou essa classificação na Vuelta a Espanha 2018.

    Os portugueses

    Este ano teremos 3 portugueses, todos eles com palmarés, experiência em grandes voltas e com um papel importante nas suas equipas.

    São eles Rui Costa (UAE-Emirates), Nelson Oliveira (Movistar) e José Gonçalves (Katusha-Alpecin).

    O Tour de França, pode não ser a mais emocionante das 3 grandes voltas, mas é aquela que reúne toda “a nata” do ciclismo mundial, é onde todos querem estar, o que a torna ao longo dos anos na prova de ciclismo mais mediática do planeta.

    As etapas

    Em resumo serão 7 etapas planas, 5 de média montanha, 7 etapas de alta montanha, das quais 5 têm chegada em alto, 1 contrarrelógio por equipas e 1 contrarrelógio individual, tudo isto em 3 semanas nas quais somente havará 2 dias de descanso.

    E.DataPercursokm’s.Tipologia
    1Sab.6-7Brussels – Brussels194.5Plano
    2Dom.7-7Brussels – Brussels27.6C.R.Equipa
    3Seg.8-7Binche – Épernay215Média M.
    4Ter. 9-7Reims – Nancy213.5Plano
    5Qua10-7Saint-Dié-des-Vosges – Colmar175.5 Média M.
    6Qui11-7Mulhouse – La Planche des Belle Fille160.5Alta M.
    7Sex12-7Belfort – Chalon-sur-Saône230Plano
    8 Sab13-7Mâcon – Saint-Étienne200 Média M.
    9 D.14-7Saint-Étienne – Brioude170.5 Média M.
    10 Seg15-7Saint-Flour – Albi217.5 Plano
    Ter16-7Dia de descanso
    11 Q.17-7Albi – Toulouse167 Plano
    12 Qui18-7Toulouse – Bagnères-de-Bigorre209.5 Alta M.
    13 Sex19-7Pau – Pau27.2 C.R.Indiv.
    14 Sab20-7Tarbes – Tourmalet117.5 Alta M.
    15D.21-7Limoux – Foix185 Alta M.
    Seg22-7 Dia de descanso
    16 Ter23-7Nîmes – Nîmes177 Plano
    17 Q.24-7Pont du Gard – Gap200 Plano
    18 Qui25-7Embrun – Valloire208 Alta M.
    19 Sex26-7Saint-Jean-de-Maurienne – Tignes126.5 Alta M.
    20Sab27-7Albertville – Val Thorens130 Alta M.
    21D.28-7Rambouillet – Paris128 Plano

    Etapas que não podes perder

    Na realidade não podes perder nenhuma etapa, mas deixamos-te algumas que podem ser particularmente interessantes.

    Etapa 6, Qui. 11 de Julho – a primeira etapa de alta montanha e com chegada em alto.

    Etapa 6

    Etapa 14, sáb. dia 20 de Julho – a mítica etapa com final no Tourmalet é sempre uma etapa decisiva e que oferece espectáculo.

    Etapa 14

    Etapa 20, sáb. dia 27 de Julho – é a penúltima etapa do Tour 2019 e a última de um enlace de 3 etapas de alta montanha muito duras, na qual o desgaste dos ciclistas pode fazer alterar posições na classificação geral.

    Etapa 20

    “Start List” das equipas presentes no Tour 2019

    Equipas World Tour

    AG2R La Mondiale

    Romain Bardet, Oliver Naesen, Tony Gallopin, Alexis Vuillermoz, Benoît Cosnefroy, Mickaël Cherel, Mathias Frank, Alexis Gougeard

    Astana Pro Team

    Jakob Fuglsang, Gorka Izagirre, Magnus Cort, Pello Bilbao, Luis León Sánchez, Alexey Lutsenko, Hugo Houle, Omar Fraile.

    Bahrain Merida

    Vincenzo Nibali, Matej Mohoric, Rohan Dennis, Damiano Caruso, Sonny Colbrelli, Dylan Teuns, Iván García, Jan Tratnik.

    BORA-hansgrohe

    Peter Sagan, Daniel Oss, Maximilian Schachmann, Marcus Burghardt, Emanuel Buchmann, Patrick Konrad, Gregor Mühlberger, Lukas Pöstlberger.

    CCC Team

    Greg Van Avermaet, Alessandro De Marchi, Michael Schär, Joey Rosskopf, Patrick Bevin, Serge Pauwels, Simon Geschke, Łukasz Wiśniowski.

    Deceuninck-Quick-Step

    Enric Mas, Julian Alaphilippe, Elia Viviani, Yves Lampaert, Michael Mørkøv, Maximiliano Richeze, Kasper Asgreen, Dries Devenyns.

    Dimension Data

    Edvald Boasson Hagen, Lars Bak Ytting, Roman Kreuziger, Louis Meintjes, Bernhard Eisel, Julien Vermote, Ben King, Reinardt Janse van Reinsburg.

    EF Education First

    Rigoberto Uran, Tejay van Garderen, Alberto Bettiol, Michael Woods, Sebastian Langeveld, Simon Clarke, Tanel Kangert, Tom Scully.

    Groupama-FDJ

    Thibaut Pinot, David Gaudu, Stefan Küng, Anthony Roux, Matthieu Ladagnous, Sébastien Reichenbach, Rudy Molard, William Bonnet.

    Jumbo-Visma

    Steven Kruijswijk, Dylan Groenewegen, George Bennett, Tony Martin, Laurens De Plus, Wout Van Aert, Amund Grøndahl Jansen, Mike Teunissen.

    Lotto-Soudal

    Tiesj Benoot, Tim Wellens, Thomas De Gendt, Caleb Ewan, Jens Keukeleire, Maxime Monfort, Roger Kluge, Jasper De Buyst.

    Mitchelton-Scott

    Adam Yates, Simon Yates, Jack Haig, Daryl Impey, Luke Durbridge, Michael Hepburn, Christopher Juul-Jensen, Matteo Trentin.

    Movistar Team

    Alejandro Valverde, Nairo Quintana, Mikel Landa, Marc Soler, Andrey Amador, Imanol Erviti, Carlos Verona, Nelson Oliveira.

    Team Katusha-Alpecin

    Ilnur Zakarin, Marco Haller, Jens Debusschere, Alex Dowsett, Nils Politt, José Gonçalves, Rick Zabel, Mads Würtz Schmidt.

    Team Ineos

    Geraint Thomas, Egan Bernal, Michal Kwiatkowski, Luke Rowe, Dylan van Baarle, Jonathan Castroviejo, Wout Poels, Gianni Moscon.

    Team Sunweb

    Michael Matthews, Wilco Kelderman, Lennard Kämna, Søren Kragh Andersen, Nicolas Roche, Nikias Arndt, Cees Bol, Chad Haga.

    Trek-Segafredo

    Richie Porte, Bauke Mollema, Jasper Stuyven, Fabio Felline, Koen de Kort, Toms Skujins, Giulio Ciccone, Julien Bernard.

    UAE-Team Emirates

    Daniel Martin, Fabio Aru, Alexander Kristoff, Sergio Henao, Rui Costa, Vegard Stake Laengen, Sven Erik Bystrøm, Jasper Philipsen.

    Equipas Profissional Continental

    Arkéa Samsic

    Warren Barguil, André Greipel, Maxime Bouet, Kevin Ledanois, Anthony Delaplace, Elie Gesbert, Florian Vachon, Emael Moinard.

    Cofidis, Solution Crédits

    Jesús Herrada, Nicolas Edet, Julien Simon, Pierre-Luc Périchon, Christophe Laporte, Anthony Perez, Natnael Berhane, Stéphane Rossetto.

    Direct Energie

    Niki Terpstra, Lilian Calmejane, Romain Sicard, Rein Taaramäe, Anthony Turgis, Niccolò Bonifazio, Fabien Grellier, Paul Ourselin.

    Wanty-Gobert

    Guillaume Martin, Andrea Pasqualon, Xandro Meurisse, Aimé De Gendt, Odd Cristian Ekking, Frederik Backaert, Kevin Van Melsen, Yoann Offredo.

    Onde ver as etapas

    Apesar de passar noutros canais, o nosso concelho é acompanhar todos os dias em directo na Eurosport, com os comentários de Paulo Martins, Luís Piçarra, Olivier Bonamici e Gonçalo Moreira.

    Subscreve a nossa newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais FacebookInstagramYoutube e Twitter.

    Por: Luís Beltrão

    Partilhar
    error

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais