És ignorado na estrada? Torna-te visível com luzes diurnas!

Por | 20-12-2017 | Equipamento

Por norma, a primeira vez que alguém decide pesquisar por luzes para bicicleta é quando vai fazer um passeio nocturno, mas as luzes não são só para utilizar de noite.

O ciclista é um dos elos mais fracos nas estradas, pessoas que pedalam na deslocação para o trabalho, pessoas que treinam por lazer ou atletas profissionais, todos a utilizam juntamente com os veículos motorizados e infelizmente hoje em dia os condutores têm muitas distracções.

Além das distracções, quando se faz todos os dias o mesmo trajecto ainda pior, pois o cérebro adapta-se ou “vicia-se” às curvas, aos semáforos, aos buracos desse trajecto, por vezes vai como que “em modo automático”.

O ciclista aparece como elemento que não é habitual estar ali e a infelicidade de ser atropelado pode acontecer a qualquer um. Os números têm vindo a aumentar porque existem cada vez mais utilizadores da bicicleta.

Ser mais visível na estrada e chamar a atenção é muito importante e a verdade é que existe uma preocupação maior por parte de alguns ciclistas em tornarem-se mais visíveis aos condutores de veículos motorizados.

A cor do equipamento pode ajudar mas ninguém é obrigado a ter 10 jerseys fluorescentes ou tem dinheiro para renovar todo o seu vestuário de ciclismo, então a luz diurna surge como uma importante solução.

Embora ainda não existam tantas disponíveis no mercado como as tradicionais nocturnas, já existem óptimos dispositivos que podem melhorar muito a tua “presença” nas estradas.

Ajudará mesmo?

Já foram até feitos estudos nos quais analisaram durante 12 meses dois grupos de ciclistas, em que um grupo utilizava luzes, outro não, e no final do período de experiência houveram 19% mais acidentados com lesões corporais no grupo que não usou luzes.

Reflecte sobre isto:

Os motociclistas (que pela dimensão do veículo são mais visíveis que os ciclistas) são obrigados por lei a circularem com as luzes ligadas, por uma questão de visibilidade aos outros condutores, e os automóveis mais recentes têm luzes de presença constantes de série ou seja, se não usas luzes és o único que “não brilha” na estrada.

Nas bicicletas, qual a diferença de uma luz tradicional nocturna para as luzes diurnas?

A diferença é que as luzes diurnas emitem uma luminosidade mais forte, têm mais potência  de lumens, são construídas de raiz (até no tipo de flash intermitente que emitem) para tornarem o ciclista mais visível (no mínimo a 400mts. de distância).

Mesmo à luz do dia alerta o condutor para a presença do ciclista dando-lhe tempo para reagir e passar por ele em segurança, ou seja, na estrada uma luz destas pode salvar-vos tanto a vida como o capacete que já toda a gente compra juntamente com a bicicleta.

Estas são algumas opções disponíveis no mercado, analisa qual a melhor para ti. 

Knog Cobber tamanho média (existem 3 tamanhos)

Potência: 170 / 75 / 35 lumens (frontal: 320 lumens)

Duração: 6,5 horas com flash de 170 lumens

Peso: 44 gr’s.

Fonte de Energia: Bateria lítio, recargável através de USB.

Nota: Marca tem 3 tamanhos disponíveis, e o seu formato curvo permite que seja a única que oferece visibilidade também lateral (330º de visibilidade).

Especificações técnicas completas.

Cateye Sync Kinetic (A melhor escolha na nossa opinião)

Potência: 50 / 40 / 30 lumens

Duração: 7 horas com flash de 50 lumens

Peso: 43 gr’s.

Fonte de Energia: Bateria lítio, recargável através de cabo USB.

Nota: Marca tem aplicação de telemóvel para activar/desactivar ou alterar modo da luz. Se usares luz frontal da marca, ambas sincronizam e controlas todas só numa.

Especificações técnicas completas.

Bontrager Flare

Potência: 65 / 35 / 25 lumens

Duração: 4h.30m. a 65 lumens

Peso: 35grs.

Fonte Energia: Bateria regargável através de cabo USB

Especificações técnicas completas.

Fabric FLR30

Potência: 30 lumens

Duração: 8 horas a

Peso: 51 grs.

Fonte Energia: Bateria regargável através de cabo USB

Especificações técnicas completas.

See.sense Icon

Potência: 190 lumens

Duração: 15 horas em “flash mode”

Peso: 64 grs.

Fonte Energia: Bateria regargável através de cabo USB

Especificações técnicas completas.

Exposure Blaze

Potência: 80 lumens

Duração: 6 horas a 80 lumens

Peso: 77 grs.

Fonte Energia: Bateria regargável através de cabo USB

Especificações técnicas completas.

Lupine Rotlicht

Potência: 160 / 40 / 8 lumens

Duração: 8 horas a 40 lumens

Peso: 55grs.

Fonte Energia: Bateria regargável através de cabo USB

Especificações técnicas completas.

 

Specialized Flux Expert Tail

Potência: 110 / 55 lumens

Duração: 14 horas em modo “strobe” a 110 lumens

Peso: 60grs.

Fonte Energia: Bateria regargável através de cabo USB

Especificações técnicas completas.

Cycliq Fly6 (a única destas que além de luz, incorpora também uma câmara de vídeo).

Potência: 30 lumens

Duração: 6 horas

Peso: 127grs.

Fonte Energia: Bateria regargável através de cabo USB

Resolução câmara: 1280 x 720 a 30 fps

Especificações técnicas completas.

Bontrager Ion 800 R (luz dianteira)

Potência: 800 / 450 / 200 lumens

Duração: 3 horas a 450 lumens

Peso: N/D

Fonte Energia:  Bateria regargável através de cabo USB

Exposure Switch (luz dianteira)

Potência: 350 lumens

Duração: 3 horas

Peso: 77 grs.

Fonte Energia: Bateria regargável através de cabo USB

Especificações técnicas completas.

Por: Luís Beltrão

Subscreve a nossa newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais FacebookInstagramYoutube e Twitter.

Partilhar

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais