“The final Breakaway” – Os ciclistas “World Tour” fazem cicloturismo.

  • 21-10-2018
  •  
    “The final Breakaway” foi o nome que Thomas de Gendt e Tim Wellens deram à sua aventura de “bikepacking” (nome moderno do cicloturismo), foram 1000 km’s. em 6 dias a pedalar com bagagem.

    Thomas De Gendt e Tim Wellens à partida.

    Os ciclistas profissionais da equipa World Tour Lotto Soudal, no final da sua desgastante época de ciclismo lançaram-se numa viagem de bicicleta por alguns países da Europa (Itália, Suíça, Luxemburgo, Bélgica) transportando a sua própria bagagem, chamaram-lhe “The final breakaway”, a ultima fuga.

    Os Belgas fizeram 1000km’s em 6 dias, nos quais apesar de transportarem a bagagem, terminaram com uma média superior a 30km/h.

    Os dois ciclistas começaram a sua aventura na zona da “Il Lombradia” no norte de Itália e finalizaram na zona de Flanders na Bégica.

    Esta aventura começou no Domingo após os 241 km’s do ultimo monumento da época (Il Lombardia), onde os ciclistas alinharam pela sua equipa Lotto-Soudal.

    Thomas De Gendt foi relatando a aventura nas redes sociais.

    “Tivemos sorte com a meteorologia, só ontem não vimos sol, e tivemos vento de costas maioritariamente”. – Thomas De Gendt.

    Ora aqui está uma frase que nós (amadores) nunca diríamos, se acabamos a volta com média alta e vento de costas não mencionamos no vento, se acabamos a volta com média baixa e vento de frente, mencionamos o vento.

    “Durante esta rota conseguimos ver e aproveitar as paisagens, algo que não conseguimos durante as corridas”. – Thomas De Gendt.

    “Fisicamente, eu e o Tim acabámos bem, mas agora estamos felizes por entrar de férias.” – Thomas De Gendt.

    Na chegada ao seu país no dia 6 do seu passeio.

    A bicicleta utilizada pela dupla da Lotto-Soudal foi uma Ridley (marca patrocinadora da equipa World Tour), modelo X-Trail carbon, a gravel bike da marca Belga, modelo que já testámos aqui no MARRETAMAN.PT.

    Realmente, é uma máquina que dá para tudo, como podes ver no nosso vídeo.

    Tendo em conta que Thomas De Gendt é um dos maiores especialistas em fugas no pelotão World Tour, será que não foi um treino para o obrigar a não fugir de ninguém durante 6 dias? 😛 😀

    Tim Wellens mostra o “abastecimento dos campeões”.

    É sem duvida uma notícia de destaque, pois estes dois colegas de equipa demonstraram grande paixão pelo ciclismo, visto que no final de uma época desgastante e com tantas horas em cima das bicicletas, normalmente os ciclistas estão desejosos de parar.

    Mas não foram os únicos, existem cada vez mais ciclistas profissionais a optarem por fazer algumas aventuras destas para continuarem a “curtir” as bicicletas, pois ao nível desta gente muitas vezes só se sofre em cima das mesmas.

    Já Daniel Oss, da Bora-Hansgrohe, tinha feito algo deste género, depois de finalizar o Giro 2016 ao que chamou “Just Ride” (na altura o ciclista estava na BMC), rolando por Itália sem objectivos específicos de treino, mas misturando as paisagens e comida com treino não específico.

    “Estava cansado de correr. São só recordes de Strava, muito treino e muito foco nas corridas ” – Daniel Oss.

    “Estamos sempre nos hotéis, nas corridas, nos aviões ou nos treinos. Pedalamos por estes lugares incríveis durante a temporada, mas nunca podemos aproveitá-los. Redescobri o amor à bicicleta. Quando era jovem, apenas andava de bicicleta por diversão. É assim que todos nós começamos, certo?” – Daniel Oss

    Todos nós gostamos de ver este desporto na televisão e vibramos com estas estrelas do ciclismo, mas esquecemos, ou nem fazemos ideia dos sacrifícios que estes fazem para conseguir andar no patamar mais alto do ciclismo mundial.

     

    Luís Beltrão

     

     

     

     

    Partilhar
    error

    One comment on ““The final Breakaway” – Os ciclistas “World Tour” fazem cicloturismo.”

    1. José Ruivo diz:

      Das melhores maneiras que existem de fazer férias. Quem experimenta fica fã.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais