Strade Bianche não é um monumento, mas devia ser. Resumo da corrida de 2019.

  • 09-03-2019
  •  

    As imagens e a forma como a corrida se desenrola torna-a numa das clássicas mais espectaculares, este ano não foi diferente.

    Pontos chave da corrida:

    A cerca 25 km’s do final deram-se os ataques decisivos, quando Jakob
    Fuglsang  atacou sendo seguido desde logo por Wout van Aert e pouco depois por Alaphilippe. Estes foram os principais protagonistas hoje.

    Wout van Aert só aguentou 5 km’s com Fuglsang e Alaphilippe, pois num dos sectores de terra inclinados, Jakob Fuglsang fez nova investida e van Aert não conseguiu acompanhar, tendo ficado a partir daí “na terra de ninguém”, entre os da frente e o grupo perseguidor.

    Julien Alaphilippe e Jacob Fuglsang foram trabalhando em conjunto até cerca de 5 km’s do fim, altura em a aliança foi trocada pela desconfiança. Isto fez com que Wout van Aert conseguisse juntar-se a eles a 1 km. do fim da corrida.

    Quando começou o “jogo do gato e do rato” entre estes dois ciclistas, Wout van Aert juntou-se a eles.

    Na derradeira e infernal subida na cidade Siena, Wout van Aert vinha bastante desgastado e não resistiu ao primeiro ataque, que foi por parte de Jakob Fuglsang.

    Julien Alaphilippe, esse sim respondeu e acompanhou o dinamarquês, atacando ele próprio logo de seguida, ataque esse que levou até ao final da subida e até à meta, sagrando-se pela primeira vez como vencedor da Strade Bianche.

    Jakob Fuglsang fez uma corrida soberba, sendo o primeiro a fazer o ataque que resultou na fuga decisiva, mas no final Alaphilippe foi mais forte.

    Julien Alaphilippe soube sair do grupo quando viu que se formava a figa decisiva, soube colaborar quando foi necessário e foi muito inteligente nos últimos Km’s., todos este pormenores juntos valeram-lhe a vitória na Strade Bianche 2019.

    O melhor português foi Rúben Guerreiro, que terminou em 22.º, uma excelente prova do jovem português.

    Vídeo resumo da prova.

    Classificação completa da prova aqui.

    Por: Luís Beltrão.

    Partilhar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais