Pinarello NYTRO Carbon

Por | 01-12-2017 | Equipamento, Estrada

A primeira bicicleta de estrada eléctrica da conhecida marca italiana

Depois da Focus, Cube, Orbea (sobre a qual já escrevemos aqui) e algumas outras, também a Pinarello entra no mercado das bicicletas de estrada eléctricas, com a Nytro.

Sobre a lógica das bicicletas eléctricas neste sector, já escrevemos no nosso artigo sobre a Gain da Orbea, mas podemos resumir novamente aqui essa parte.

O que é, e para que serve a bicicleta?

Além de exercício físico, é uma forma de nos divertirmos, é um meio de transporte, é uma experiência, e diferentes pessoas desfrutam dessa experiência de forma diferente.

Talvez uma pessoa de 60 anos gostasse de subir àquela montanha como quando tinha 30, ou existam pessoas, que pelas mais variadas razões, não têm o tempo que gostariam para poderem estar em forma e desfrutar da bicicleta como um momento de prazer em vez de simplesmente sofrimento.

Por vezes na vida existe esta dualidade, ou temos dinheiro para ter as bicicletas que desejamos, mas não temos tempo para treinar e desfrutar delas como gostaríamos (porque passamos esse tempo a trabalhar), ou temos tempo para treinar, mas não temos dinheiro para ter qualquer bicicleta que desejemos.

A Pinarello Nytro Carbon é baseada na geometria do quadro da famosa F10 e tem 5 modos de utilização, o modo 1 sem qualquer apoio, modo 2 (Breeze) com um apoio de 125W, modo 3 (River) com um apoio de 250W, o modo 4 (Rocket) em que segundo a Pinarello tem um apoio à pedalada de 400W (já dá para perceber o nome “Nytro”)! Por último o modo 5 (walk assistance) em que o motor empurra a bicicleta até 6km/h.

De qualquer forma (e na linha de todas as outras bicicletas eléctricas) o apoio está limitado aos 25 km/h., velocidade na qual esteja a bicicleta em qualquer um dos modos, deixa de ter apoio do motor.

Se por um lado o peso de 13kg’s., apesar de bom para uma bicicleta eléctrica não surpreende, por outro lado a Pianrello Nytro tem uma valência diferente de outras bicicletas deste género, que é o facto de poder ser utilizada sem a bateria, colocando-se uma capa no sítio desta e ficando a bicicleta pronta a utilizar com um peso de 9kg’s.

No que respeita a inovação e tecnologia a marca Italiana também não facilita, a sua arma está também no conjunto motor/bateria com sistema “Evation by Fazua” que consiste em quatro elementos:

1. Drive pack com um motor sem escova, um mecanismo epicíclico exclusivo que reduz as rotações do motor com um interface electrónico para transferir energia para o movimento central.

2. Bateria de íon de lítio removível que oferece a melhor relação entre energia e peso. (A bateria pode ser facilmente removida do conjunto).

3. Bloco padaleiro com um sensor de torque duplo e sensores de cadência integrados para permitir ao sistema adaptar a energia fornecida pelo sistema em tempo real. Segundo a marca o resultado é realmente eficaz, resultando uma assistência de pedalada não-invasiva.

4. Comando/Display simples e fácil colocado no guiador, através de 3 botões e um display Led muito claro que permite ao ciclista ler o status de carga da bateria e controlar os 5 modos referidos anteriormente.

O que também não surpreende é o preço, que vai rondar os €6.000. Encontram-se bicicletas com esta valência mais baratas, mas sem este equipamento e não de carbono.

De qualquer forma todos sabemos que a Pinarello tem um público alvo específico e que é uma marca que costuma carregar de requinte as suas máquinas, algo que infelizmente falhou no caso do display. Para uma máquina destas, desta marca podiam ter caprichado mais.

Como será o comportamento de uma bicicleta de 13kg’s, quando rodamos a mais de 25 km/h. ao nível da maneabilidade?

Com o mesmo valor desta Nytro consegue-se ter uma bicicleta normal de estrada muito bem equipada e com um peso na ordem dos 7 kg’s (menos 5 kg’s), a questão é se apesar dos seus 13kg’s, o motor compensa assim tanto para se poder usufruir de uma óptima experiência.

A bicicleta não deixa de ter um design e geometria apelativos só por ter bateria, e aparentemente o local onde esta está colocada dá o melhor centro de gravidade para a maneabilidade desta bicicleta, mas só experimentando para dar uma opinião mais concreta.

Esperamos poder fazê-lo um dia para finalmente desmistificar este conceito e se a Pinarello conseguiu revolucionar o mercado das bicicletas de estrada.

Geometria e especificações:

Quadro: Fibra de carbono T700 de estrutura assimétrica

Motor: Potência média 250W, potência máxima 400W

Torque máximo: 60Nm

Bateria: 252Wh Fazua Evation

Peso bateria: 1,4kg’s.

Tempo de recarga 0-100%: 3-4 horas

Duração bateria: 1400m de subida no nível de apoio máximo

Velocidade máxima assistida: 25km/h

Travões: Disco

Pneus: Medida máxima suportada 700 x 28

 

Mr. B.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais