ORBEA lança bicicleta de estrada eléctrica!

  • 25-09-2017
  •  

    A ORBEA aprimorou a tecnologia eléctrica das bicicletas e colocou-a em três segmentos diferentes.

    No segmento das bicicletas urbanas não é novidade, mas nas gravel e na estrada, aqui sim é novidade.

    E isto não é a única “revolução”, construíram uma bicicleta eléctrica com um motor capaz de debitar 250W e 40NM de torque, com só 13kg’s, a partir de 2000€ (no caso da urbana)!

    As bicicletas eléctricas geram muita discussão e até alguma controvérsia entre alguns ciclistas mais puristas digamos assim, e todas as opiniões devem ser respeitadas, mas a forma como colocam as coisas no vídeo de apresentação da Gain, na verdade fazem muito sentido.

    O que é, e para que serve a bicicleta?

    Além de exercício físico, é uma forma de nos divertirmos, é um meio de transporte, é uma experiência, e diferentes pessoas desfrutam dessa experiência de forma diferente.

    Talvez uma pessoa de 60 anos gostasse de subir àquela montanha como quando tinha 30, ou aquela pessoa que simplesmente não tem tempo para se colocar em forma física suficiente para pedalar pela montanha com adrenalina, o deseje fazer, mas não o faz porque não pode, ou talvez exista aquela pessoa que já pensou em ir de bicicleta para o trabalho, mas não o faz porque tem que suar, o que não dá muito jeito.

    A Gain vem resolver isso com três modelos de eléctricas nesta “família”.

    Olhando para qualquer um dos modelos, nem parecem bicicletas eléctricas.

    Os 13kg’s foram um objectivo da ORBEA como peso a atingir, porque é o limite para que a bicicleta se mova de uma forma natural, mesmo sem a ajuda do motor que assiste a pedalada até aos 25 km/h.

    Ao contrário da maior parte das eléctricas conhecidas de todos nós, a Gain não tem o motor sitiado no pedaleiro mas sim no cubo traseiro.

    O sistema “ebikemotion X35” pesa no seu conjunto 3,5Kg’s.

    Existe ainda como hipótese, adicionar uma bateria extra colocada num bidom, para dar mais autonomia ao conjunto, Apesar da autonomia normal ser muito boa, tendo em conta o tamanho e peso da bateria (100km’s com um acumulado de 1500mts. de altitude).

    O grande desafio das marcas quando fazem uma bicicleta eléctrica é precisamente a bateria, visto ser este um dos elementos que mais peso acrescenta ao conjunto, e o que vai determinar o desempenho final no que respeita a à autonomia.

    Segundo a ORBEA, têm a mais leve e mais pequena bateria do mercado. É tão fina que no quadro de uma Gain nem se dá por ela.

    Eléctrica que se prese, hoje em dia tem que ter a sua própria Aplicação de Smartphone e a Orbea também pensou nisso. Na aplicação da Gain pode-se controlar o “iWok” (ligar / desligar energia), pode-se fazer o planeamento de uma rota, pode-se ver a rota e actividade que se fez.

    É uma nova gama com 3 modelos distintos, sendo que em dois deles (a Gain Road e a Gain All Road) a Orbea teve a ousadia de fazer o que, por enquanto, ainda nenhuma outra das marcas de referência fez, que é terem uma bicicleta de estrada e uma gravel eléctricas.

    Por isso, cuidado ao quereres “descarregar” alguém numa subida, se tiver uma destas, podes ficar com falta de ara tentar fazê-lo.

    Podes descobrir mais pormenores no site da ORBEA.

     

    Mr. B.

     

     

     

    Partilhar
    error

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais