Montanha – 4.ª prova Taça de Portugal de XCO

  • 18-06-2019
  •  

    A quarta prova da Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO), em Valongo, era importante na luta pela qualificação do BTT nacional para os Jogos Olímpicos de Tóquio, uma vez que se tratava de uma corrida de classe 1 UCI.

    Em Valongo estiveram presentes atletas de Portugal, Bélgica, Espanha, Estónia e França. 

    Tanto os melhores portugueses do XCO, como alguns estrangeiros estiveram presentes em Valongo, procurando os primeiros lugares e o máximo de pontos possível para o ranking de qualificação para Tóquio.

    O XCO Internacional de Valongo teve mais de 300 participantes, oriundos de cinco países: Portugal, Bélgica, Espanha, Estónia e França. 

    Elites masculinos

    Mário Costa (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) assumiu o comandando da corrida desde o início, na companhia de Gonçalo Amado (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão). 

    Mário Costa seguia na frente da corrida, até ter uma queda e furo.

    David Rosa teve uma partida mais lenta e foi fazendo uma prova em recuperação, até que à entrada para a sexta e última volta, seguia a menos de 1min. de Mário Costa.

    Neste cenário, o “azar bateu à porta” de Mário Costa que caiu e furou. David Rosa, que já vinha em crescendo, manteve o ritmo forte e venceu assim a sua primeira prova da Taça de Portugal em 2019.

    David Rosa regressa às vitórias na Taça de Portugal

    Gonçalo Amado foi o segundo classificado, a 57 segundos. Mário Costa, apesar do azar ainda terminou no pódio, a 1m.14s. 

    Gonçalo Amado terminou no segundo posto em Valongo.

    Após a prova de Valongo, Mário Costa mantém-se no comando da Taça de Portugal na categoria de elite.

    Elites femininos

    Depois de ter brilhado na Taça do Mundo Raquel Queirós, sub-23 de primeiro ano, confirmou o domínio na época nacional de elite.

    Venceu com uma margem de 2’18” sobre a espanhola Lara Lois (Extol-la Gramola Team) e com 3’57” sobre a estoniana Maaris Meier (Maiatos), segunda e terceira, respectivamente.

    Raquel Queirós segue na liderança com larga margem nos rankings femininos de elite e de sub-23. 

    Resumo da prova em vídeo da Federação Portuguesa de Ciclismo.

    Classificações completas aqui.

    Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

    Partilhar
    error

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais