Hope e Lotus revelam bicicleta de pista impressionante, a Hope HB.T

  • 31-10-2019
  •  

    A marca de componentes Hope, através da Hope Technology fez uma parceria com a Lotus Engineering para desenvolver uma bicicleta de pista de próxima geração, a Hope HB.T

    O objectivo desta parceira foi desenvolver uma bicicleta para a equipa de ciclismo de pista da Grã-Bretanha competir nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, e saiu uma bicicleta à qual ninguém consegue ficar indiferente.

    Vê o vídeo.

    É uma bicicleta completamente fora do comum, rompendo com todas as linhas tradicionais, fabricada com uma mistura de carbono e titânio e com componentes impressos em 3D.

    Parece que o processo de impressão 3D está na moda no Reino Unido, pois nós aqui no Homem da Marreta já vimos este ano na Eurobike uma outra marca inglesa que apresentava quadros de carbono feitos com este processo, os quais podes ver neste nosso vídeo.

    Na verdade, algumas das formas adoptadas pela Hope HB.T não são novidade, lembram-se da nova Specialized Shiv de triatlo, com aquela forqueta revolucionária?

    Na verdade a Hope tem algo de parecido, mas leva o formato muito mais ao extremo.

    Uma grande parte do projecto de desenvolvimento foi após a recente abertura dos regulamentos da UCI.

    A trabalhar com especialistas em aeronáutica da montadora britânica Lotus Engineering, a “Hope & Lotus” desenvolveu a HB.T ​​completa e o testou-a no túnel de vento de Southampton.

    De acordo com os sites internacionais, a Hope é aparentemente responsável pelo design da estrutura, e a Lotus projectou a nova e exclusiva forqueta com o guiador integrado.

    A última bicicleta de pista projectada pela Lotus (a Lotus Type 108) tinha sido desenvolvida para os jogos olímpicos de Barcelona em 1992, para o mítico britânico Chris Boardman, que viria a vencer a medalha de ouro na prova de perseguição, e depois dos jogos olímpicos viria a ser detentor do recorde da hora por 3 vezes.

    Chris Boardman durante a perseguição individual no Jogos Olímpicos de Bareclona em 1992.

    A Lotus HB.T ​​estreou-se este fim de semana, sendo a utilização limitada apenas à equipa de ciclismo do Reino Unido.

    Para se qualificar e para ser utilizada nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020, o design da bicicleta tem que ser aprovado pela UCI, e para tal a bicicleta tem que ser utilizada pela equipa da Grã-Bretanha em provas de pista UCI antes do final de 2019.

    Publicidade

    Assim, esta poderás ver esta bicicleta a ser utilizada por atletas britânicos no velódromo “Minsk ‐ Arena”, na Bielorrússia este fim de semana (1 a 3 de Novembro). (Prova transmitida na Eurosport).

    De acordo com o site da Hope a partir de 1 de Janeiro de 2020, o quadro e as rodas da HB.T ​​estarão disponíveis para qualquer pessoa comprar directamente na Hope.

    Subscreve a nossa newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais FacebookInstagramYoutube e Twitter

    Por: Luís Beltrão

    Partilhar
    error

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais