Estrada – Froome diz adeus ao Tour após queda a 60km/h

  • 12-06-2019
  •  

    Chris Froome não estará presente no próximo Tour de France (6 a 28 de julho) depois de sofrer uma grave queda hoje antes do contrarrelógio do Criterium Dauphiné.

    A equipa confirmou a notícia através das redes sociais.

    Christopher Froome bateu contra uma parede quando reconhecia o contrarrelógio indivídual, a cerca de 60 km / h.

    Foi transportado de helicóptero para Saint-Étienne, onde as piores previsões foram confirmadas: fractura do fémur direito, do cotovelo direito assim como de várias costelas.

    Dave Brailsford já confirmou na televisão francesa que Froome terá que se despedir do Tour, onde tentaria a sua quinta vitória.

    O director da Ineos confirmou que foi uma “queda muito grave” e que Froome teve que ser evacuado para o hospital Saint-Étienne de helicóptero. “Vai levar muito tempo para voltar a correr”, disse Brailsford

    As declarações do director do Team Ineos.

    Froome bateu violentamente contra uma parede após uma rajada de vento ter desequilibrado a sua bicicleta a cerca de 60 km / h.

    Relembremos que Chris Froome (com 34 anos) aspirava este ano a entrar no selecto clube de ciclistas com 5 vitórias no Tour, assim como Indurain, Hinault, Merckx e Anquetil.

    O Dauphiné é por norma o teste final para os ciclistas que têm como objectivo o Tour de Franve e Froome era favorito, seguia após a etapa 3 no 8.º posto da geral a 24 segundos do líder, no contrarrelógio poderia chegar à liderança.

    A temporada poderá mesmo ter acabado para o líder da Ineos, visto a recuperação apontar para mais de um mês, de acordo com as estimativas médicas.

    Tendo em conta a recuperação difícil, será quase impossível inclusive que o britânico possa ir à Vuelta a Espanha (a partir de 24 de Agosto).

    Geraint Thomas é agora o mais claro líder da Ineos para o Tour de France, que desta forma pode tentar conseguir a sua segunda vitória consecutiva.

    Geraint Thomas

    Relembramos que a Ineos ainda não confirmou se vai levar Egan Bernal (22 anos), que também não pôde alinhar no Giro de Itália por lesão no ombro após uma queda. O jovem colombiano vai participar na volta à Suíça e talvez após esta competição a equipa decida se o levará ao Tour.

    Os três líderes do Team Ineos para 2019. Egan Bernal (á esquerda) seria líder no Giro, mas após queda e lesão não pôde alinhar. Agora Froome (no centro) não pode ir ao Tour, resta Geraint Thomas (à direita).

    Subscreve a nossa newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Facebook, Instagram, Youtube e Twitter.

    Por: Luís Beltrão

    Fonte: https://www.ledauphine.com/

    Partilhar
    error

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais