Ciclocrosse – Mathieu van der Poel dizimou selecção belga no europeu

  • 11-11-2019
  •  

    Mathieu van der Poel venceu em Silvelle o seu terceiro título europeu consecutivo de Ciclocrosse.

    O holandês, actual campeão do Mundo e também vencedor deste ano da Amstel Gold Race e campeonato da Europa de bicicleta de montanha, teve uma constante luta com vários atletas da selecção da Bélgica, que era a mais representada.

    Mathieu van der Poel numa secção de escadas a perseguir Eli Iserbyt

    Mesmo com vários atletas belgas a atacarem o holandês e a responderem aos ataques deste, à vez, distribuindo o esforço, os belgas não conseguiram vencer o actual campeão do mundo.

    Mathieu van der Poel

    Mathieu van der Poel fez uma corrida inteligente e teve que esperar até a última volta para se separar dos belgas Eli Iserbyt e Laurens Sweeck (segundo e terceiro por 3 ”e 20”) que tentaram quebrar van der Poel durante toda a corrida, juntamente com outros três ciclistas belgas.

    O momento em que van der Poel cruza a meta.
    Pódio elite masculino do campeonato da Europa 2019. 1.º Mathieu van der Poel; 2.º Eli Iserbyt; 3.º Laurens Sweeck.

    Esta corrida dura e emocionante foi assistida por dez mil espectadores que tomaram conta dessa pequena cidade veneziana.

    Os italianos compareceram em grande número às corridas.
    Publicidade

    Este não foi o único sucesso da Holanda, pois os ciclistas holandeses obtiveram excelentes resultados em todas as corridas femininas do programa.

    Na Elite Feminina, a holandesa Yara Kasteljin ficou em primeiro lugar depois de se colocar na liderança praticamente toda a corrida.

    Yara Kasteljin não acreditava que tinha vencido o campeonato da Europa de Ciclocrosse

    Em segundo lugar ficou a italiana Eva Lechner a 12 ”, o terceiro lugar foi ocupado por outra holandesa, a anterior campeã europeia Annemarie Worst.

    Eva Lechner conseguiu uma medalha de prata aos 34 anos rodeada pelo seu público.

    A actual campeã do mundo, a belga Sanne Cant não passou do 6.º posto e cruzou a linha de meta 1’23 “após a vencedora.

    Sanne Cant não foi além do 6.º lugar.

    A época de Ciclocrosse continua com a taça do mundo e superprestige, além das competições nacionais, as quais acompanhamos e fazemos os resumos de todas as provas para ti, aqui no Homem da Marreta.

    Subscreve a nossa newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais FacebookInstagramYoutube e Twitter

    Partilhar
    error

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais