Campeonatos do Mundo de btt

Por | 12-09-2017 | Montanha, Notícias

Decorreram este fim de semana em Cairns, Australia os campeonatos do mundo de bicicleta de montanha, vertentes de XCO e DHI.

Em XCO, como era de esperar e tendo em conta a forma como decorreu a temporada, Nino Schurter revalidou o seu título e culminou a sua temporada de sonho, ganhando tudo o que havia para ganhar, algo inédito na modalidade.

Os restantes lugares do pódio foram preenchidos por  Jaroslav Kulhavy e do outro suíço Thomas Litscher que se apresentaram em forma nesta prova e tendo em conta a sua temporada foi um bom resultado para estes.

Resumo da corrida masculina.

A Suíça demonstrou que é o país que domina esta modalidade, arrecadando o título de Elites masculinos com Schurter, Elites femininos com Jolanda Neff e Sub-23 femininos com Sina Frei.

O português David Rosa foi 37º classificado, não conseguindo melhorar os seu melhor resultado nesta competição que era 29º. O Campeão Nacional perdeu posições na partida e numa pista onde era difícil recuperar, manteve o seu lugar.

As palavras do atleta aqui no seu Facebook.

O outro português, Mário Costa, teve um bom início, ganhando algumas posições, mas uma queda provocada por um adversário fez com que o seu resultado não fosse melhor que o 47º lugar.

O resumo do atleta no seu blogg aqui.

“O resultado não foi aquele que esperávamos. Numa pista onde é muito difícil ultrapassar na maior parte do percurso, uma má partida condiciona todo a prova e foi o que decidiu a corrida do David Rosa. O Mário Costa, por sua vez, partiu bem e poderia ter chegado mais à frente, mas a queda relegou-o para uma posição longe do lugar que já tinha em pista no momento do incidente”, explica o selecionador nacional, Pedro Vigário.  (Fonte – Federação Portuguesa de Ciclismo).

Na corrida feminina ganhou, como referimos antes, Jolanda Neff que já tinha títulos sub-23 mas consegue o seu primeiro em Elites, seguida de Annie Last e da francesa Pauline Prevot.

Resumo da corrida feminina.

Downhill – DHI

No DHI, o percurso de 1,9 km’s era extremamente seco poeirento tendo provocado várias quedas e problemas mecânicos.

O título masculino foi para o francês Loic Bruni, seguido de Michael Hannah da Australia e o norte americano Aaron Gwin.

Fica com resumo.

Na vertente feminina o título foi para Miranda Miller do Canadá, seguida da francesa Myriam Nicole e Tracei Hannah da Austrália.

Resumo da corrida feminina.

Mr. B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais