Campeonato do Mundo de de Maratonas (XCM) 2018 – Avancini vence.

Por | 15-09-2018 | Montanha, Notícias

Uma semana depois dos campeonatos do mundo de Cross-Country Olímpico (XCO), realizaram-se em Auronzo, itália, os campeonatos do mundo de Cross Country Maratona (XCM).

A Elite mundial do BTT estava presente, desde os especialistas em XCO aos de XCM, pelo que se previa uma competição aguerrida e difícil para todos.

No nosso instagram já vos tínhamos adiantado o perfil do percurso, o qual desvendava desde logo as dificuldades que esperavam pelos atletas.

Eram “só” 102 quilómetros com 4200 mts. D+ de desnível acumulado para os homens (gráfico acima).

No caso das mulheres, estas tinham pela frente 89 quilómetros com 3200 mts. D+ de desnível acumulado.

Eram condições propícias para que o “Homem da Marreta” aparecesse.

Corrida masculina

Henrique Avancini tornou-se o primeiro ciclista brasileiro na história do BTT a conquistar um título mundial.

Avancini tem mostrado evolução ano após ano, e culmina esta temporada com um título mundial.

O grupo principal de 14 ciclistas foi gradualmente reduzido a apenas cinco pela subida “Tre Cime” – Avancini, Hector Paez Leon (Colômbia), Howard Grotts (EUA), Alexey Medvedev (Rússia) e Daniel Geismayr (Áustria).

Este vídeo espelha a dureza do percurso, e como atletas profissionais de topo também têm que “apear”.

Na entrada para o último quilómetro, Avancini e Geismayr ainda estavam juntos, com Paez Leon a apenas 10 metros de distância. Avancini saiu da última curva com alguma vantagem e que conseguiu aguentar até a linha de chegada.

Fotografia: Michal Cerveny

Corrida feminina

As principais candidatas chegaram juntas à  primeira subida, incluindo Annika Langvad e outras ex-vencedoras como Gunn-Rita  Dahle Flesjaa, da Noruega, e Maja Wloszczowska, da Polônia.

Annika Langvad. Fotografia: Michal Cerveny

No entanto, no momento em que chegaram à subida de “Tre Cime”, foi Langvad quem atacou e ficou na frente, com Christina Kollmann-Forster da Áustria a terminar em segundo.

Os portugueses

O português Tiago Ferreira, já sabe o que é ser campeão do Mundo e da Europa, é um dos melhores atletas do mundo da especialidade e estava entre os favoritos.

Tiago Ferreira foi campeão do Mundo em 2016.

No entanto, hoje a corrida não lhe correu da forma esperada, tendo terminado num 29.º posto.

Tiago Ferreira não está a ter o melhor dia. Na sétima zona de abastecimento rola no 17.° lugar. #EquipaPortugal

Publicado por UVP – Federação Portuguesa de Ciclismo em Sábado, 15 de Setembro de 2018

Tiago na passagem de um abastecimento.

O corredor viseense não teve as melhores sensações, sendo incapaz de responder à mudança de ritmo dos homens mais fortes do dia. Na altura em que acontecia a selecção de valores, Tiago Ferreira perdeu o contacto com a frente da corrida.

Nada que tire lhe o enorme valor e tudo o que este atleta já fez pelo BTT português, simplesmente há dias em que as coisas não correm como se deseja.

Os 3 Portugueses em prova: Luís Leão Pinto, Tiago Ferreira e José Dias.

A Equipa Portugal também esteve representada por Luís Leão Pinto, que desistiu com uma lesão muscular, quando estava a fazer uma prova em crescendo, e por José Dias, que também abandonou.

De qualquer forma queremos deixar uma palavra de alento e respeito a todos, independentemente do resultado, deixam-nos orgulhosos por tudo o que fazem durante todo o ano nas competições de topo a nível mundial.

OBRIGADO campeões.

Classificações completas.

 

Luís Beltrão

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais