Amstel Gold Race – Mathieu van der Poel vence de forma “Monstruosa”.

  • 21-04-2019
  •  
    Nem o próprio Van der Poel acreditou que tinha vencido daquela forma.

    A Alstel Gold Race foi a primeira das 3 clássicas das Ardenas, uma corrida com uma extensão de 265,7 quilómetros na província de Limburg no sul da Holanda, nos quais os ciclistas enfrentavam 35 subidas durante o trajecto. (Vídeo no final do artigo).

    Além dos “favoritos do costume”, como Julien Alaphilippe ou Jakob Fuglsang, os olhos estavam postos também em Mathieu van der Poel, após a sua vitória na “Brabantse Pijl” onde tinha batido os alguns dos presentes nesta corrida.

    Alaphilippe e Fuglsang atacaram a 35 km’s do fim, e faltando 4 quilómetros tinham uma vantagem de cerca de 40 segundos do grupo perseguidor ( que eram Michał Kwiatkowski e Simon Clarke).

    Desta vez, o “jogo do gato e do rato” saiu caro a Alaphilippe e Fuglsang.

    Adivinhava-se um final parecido com o da Strade Bianche, onde Alaphilippe e Fuglsang discutiram a corrida entre si, mas no “jogo do gato e do rato” enquanto estes dois ciclistas se olhavam, Kwiatkowski apanhou-os nos últimos 1000 mts.

    Ainda mais de trás, num terceiro grupo (que a 4 quilómetros do fim estava a 1 minuto dos da frente), vinha Mathieu van der Poel sempre na frente do grupo, com todos na sua roda, e também este grupo apanhou os da frente nos últimos 800 mts.

    Mathieu van der Poel, apesar de ter vindo sempre ele a trabalhar nos últimos quilómetros, arrancou para a meta e ninguém (mesmo os que vieram na sua roda) lhe conseguiu responder, vencendo de forma abismal perante os melhores do mundo.

    É melhor ver, porque as palavras não conseguem descrever.

    TOP 10 da Prova:

    Pos.Nome ciclista (País) Equipa
    1Mathieu van der Poel (Ned) Corendon-Circus
    2Simon Clarke (Aus) EF Education First
    3Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team
    4Julian Alaphilippe (Fra) Deceuninck-Quick Step
    5Maximilian Schachmann (Ger) Bora-Hansgrohe
    6Bjorg Lambrecht (Bel) Lotto-Soudal
    7Alessandro De Marchi (Ita) CCC Team
    8Valentin Madouas (Fra) Groupama-FDJ
    9Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale
    10Matteo Trentin (Ita) Mitchelton-Scott

    De realçar ainda o 13.º lugar de Rui Costa, que chegou no segundo grupo de ciclistas, ficando á frente de nomes como Avermaet ou Michael Matthews.

    Classificação completa aqui.

    Esta foi a última corrida de estrada de Mathieu van der Poel esta temporada, o “fenómeno” holandês vai agora concentrar-se na taça do mundo de bicicleta de Montanha.

    Depois de se sagrar campeão do Mundo de Ciclocrosse, e de ter vencido 3 clássicas de escalão World Tour, poderá Mathieu van der Poel vencer a taça do mundo ou sagrar-se campeão do Mundo de bicicleta de montanha, na vertente de cross-country olímpico (XCO)?

    Se queres ver mais um pouco do espectáculo que Mathieu van der Poel tem dado nas últimas épocas, entra no separador “Ciclocrosse” no nosso site, ou na pesquisa coloca “Mathieu van der Poel”.

    Por: Luís Beltrão

    Partilhar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
    Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

    Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais