A Cannondale Supersix de Rúben Guerreiro

Por | 15-02-2020 | Estrada, Fotografia

Rúben Guerreiro mudou-se para a EF Education-First, que é patrocinada pela Cannondale, é a primeira vez na carreira que o ciclista português corre com a Cannondale Supersix.

Tivemos uns momentos com o Rúben, a meio de um treino, onde tivemos a oportunidade de fotografar a sua nova “arma” para esta temporada, da qual te passamos os pormenores.

Publicidade – click aqui para saber mais

A nova Cannondale supersix foi lançada em 2019, em comparação com a anterior geração deste modelo o design do quadro mudou completamente, seguindo agora a tendência actual na procura de melhor aerodinâmica, com escoras mais baixas e total integração dos cabos.

A Cannondale Supersix EVO de Rúben Guerreiro.

O guiador utilizado nas Cannondale da equipa World Tour americana volta a ser Vision. O cockpit da Supersix EVO do Rúben Guerreiro é o Vison Metron 6D, o guiador com avanço integrado e de perfil aerodinâmico.

Guiador Vision Metron 6D de perfil aero.

De referir que este é também o guiador utilizado pela equipa da Bahrain na presente temporada. As fitas de guiador são Prólogo e a transmissão Shimano Dura-Ace Di2.

Fitas de guiador prólogo, transmissão Shimano Dura-Ace Di2.

A nova Cannondale Supersix segue a tendência dos quadros actuais, mais aero e com pormenores similares, como o espigão de selim em formato “D” com aperto integrado no quadro, bem como a ausência de cabos à vista.

O espigão em formato “D”, aero e de aperto integrado no quadro, grades de bidon Tacx.

Uma curiosidade é o facto de apesar da Shimano não fazer parte dos parceiros oficiais da equipa (como podes verificar aqui), é a marca escolhida para assegurar a transmissão e travões, no entanto, a equipa opta por um MIX no pedaleiro, sendo este Cannondale e os pratos da FSA (53-38), marca que faz parte dos parceiros oficiais da equipa.

Não querendo ser “mauzinhos” nem demasiado “geeks”, mas reflectimos sobre o seguinte: sendo a FSA um parceiro oficial da equipa, e tendo actualmente no seu portefólio de produtos uma transmissão disponível (inclusive electrónica), o facto da equipa não a usar pode deixar algumas perguntas no ar, ou não? Nós ficámos curiosos.

Pratos FSA 53-38.

Para medir a potência debitada pelas pernas do Rúben e dos seus companheiros de equipa, a marca que apoia a EF Education First é a POWER2MAX. A marca alemã fornece os potenciómetros com logótipo e pintura personalizada para a equipa, pormenores que ficam sempre bem.

O potenciómetro POWER2MAX com as cores da equipa.

Mais um pequeno pormenor de personalização de cor, o drop-out do desviador traseiro em rosa EF Education First.

As rodas de disco mas com sistema de chaveta de aperto rápido, um pormenor que não pode faltar nas bicicletas de competição, onde os mecânicos têm que trocar uma roda em poucos segundos.

Tal como o guiador, outro dos parceiros oficiais da equipa, a Vision garante também as rodas. No caso da bicicleta de Rúben Guerrerio tem montadas as Vision Metron 30 SL.

Além das fitas de guiador, a marca italiana Prólogo assegura também os selins, que no caso do Rúben é o Prólogo Nago C3 em carbono.

Passando longas horas e longos quilómetros a pedalar longe de casa, o Rúben opta por usar uma bolsa de ferramenta, com os essenciais para um eventual furo ou pequena avaria.

Outro pormenor interessante é a inserção em carbono do dispositivo de carregamento do Shimano Di2, que por sua vez é integrado no quadro. Em cima deste dispositivo o autocolante com a aprovação do quadro pela UCI, e o número de fabrico do quadro, que no caso da bicicleta do Rúben é o quadro 43293.

Os pneus são os Vittoria Corsa de 28 mm., uma medida que permite algumas incursões em estradas de terra batida ou gravilha sem preocupações. Rúben Guerreiro treina algumas vezes nesse tipo de terreno.

O dia que agendámos com o ciclista português para fazer as fotografias à sua bicicleta, esteve chuvoso como se pode avaliar pelo estado da bicicleta. Não vimos problema em fazer a sessão na mesma, não fazemos fotografia de estúdio, fazemos fotografia no terreno e o terreno estava assim, difícil.

Texto: Luís Beltrão

Fotografia: José Carmo

Subscreve a nossa newsletter semanal para receberes todas as notícias e conteúdo original do MARRETAMAN.pt. Segue-nos nas várias redes sociais Youtube , Twitter , Instagram e Facebook.

2 comments on “A Cannondale Supersix de Rúben Guerreiro”

  1. Nelson Coelho diz:

    Olá,

    Qual o preço aproximado de uma bike assim?

    1. Olá Nelson, obrigado por nos acompanhar.

      Essa bicicleta, com o equipamento muito equivalente (poucas variações), é vendida pela marca por cerca de €10.800,00.

      Cumprimentos e boas pedaladas,
      Luís Beltrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais