4ª ronda da Taça de Portugal XCO – mudança de cenário em Valongo

Por | 19-06-2018 | Montanha, Notícias

Quando todos esperavam que a história da taça de Portugal de XCO seria escrita por dois nomes, eis que surge mais um, Rúben Almeida.

Uma semana após a conquista do título nacional de maratona em Melgaço, Rúben Almeida voltou a surgir como vencedor, arrancando na liderança onde se manteve durante todaa corrida at´conseguir um triunfo folgado ao cabo de 1h31m42s.

O ciclista do BTT Seia relegou para segundo e terceiros os dominadores das corridas da taça até aqui, Ricardo Marinheiro (Quinta das Arcas / Jetclass / Xarão) e Mário Costa (Brújula Bike Racing Team), a 2m18s e 4m08s, respectivamente.

Demonstrando tal superioridade quer nas maratonas quer em XCO, é uma pena que Rúben Almeida não tenha alinhado desde início para tornar a disputa na taça mais competitiva, à falta de só uma prova nunca poderá lutar pela mesma.

A decisão do título fica adiada para a ultima prova, visto que só 12 pontos separam Ricardo Marinheiro e Mário Costa.

Rúben Almeida pode vir a baralhar as contas é no campeonato nacional que se aproxima.

Também na corrida feminina houve desfecho diferente das ultimas corridas, Maaris Meier (Maiatos-Reabnorte) venceu esta corrida, mas à semelhança de Rúben Almeida, também não conta para a luta pelo título na taça de Portugal, pois não efectuou as primeiras corridas do ano.

Joana Monteiro (Brújula Bike Racing Team), vencedora das três etapas anteriores lidera a taça com 135 pontos, contra os 105 acumulador por Marta Branco e os 96 de Lúcia Crespo (ProRebordosa/LROpticas/RJGroup).

Nas restantes corridas foram vitoriados João Rocha (Rodabike / ACRG / Gondomar) o mais lesto entre os Sub-23; Rafael Rita (BTT Loulé / Elevis) o melhor entre os juniores; Raquel Queirós (Quinta das Arcas / Jetclass / Xarão) vencedora da corrida júnior feminina.

Nos escalões de formação, Diogo Neves (BTT Loulé / Elevis) venceu nos cadetes, na mais concorrida prova do programa, com 72 inscritos, tendo Ana Santos (ASC / Focus Team – Vila do Conde) sido a melhor cadete feminina.

Nas categoria Master foram consagrados: André Filipe (C.P.R. A-do-Barbas), primeiro em Master 30; David Inácio (Automoveis Ribeiro/GDVP) vencedor em Master 40; Rodolfo Lopes (ASC / Focus Team – Vila do Conde), o melhor entre os Master 50. Nas corridas femininas Master, a vitória em Master 30 coube a Raquel Marques (ASC / Focus Team – Vila do Conde) e Filomena Paulo (RÓÓDINHAS / Santos Silva) levou a melhor entre as Master 40.

Na classificação por equipas da competição nortenha o clube BTT Loulé / Elevis foi quem somou mais pontos no ranking. A turma algarvia manteve a liderança da geral coletiva da Taça de Portugal de XCO seguidos da ASC / Focus Team – Vila do Conde e da equipa Maiatos-Reabnorte.

Fica com o vídeo resumo da Federação Portuguesa de Ciclismo

Classificações completas aqui.

Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo.

Fotografia e vídeo: Federação Portuguesa de Ciclismo.

 

Luís Beltrão

Mr.B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Para colocar um comentário, deve ler e concordar com as normas RGPD abaixo:
Este formulário regista o seu nome, email e comentário para que possamos gerir os comentários colocados no nosso site. Para mais informação sobre como, porquê e onde armazenamos os seus dados por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Utilizamos cookies para garantir a funcionalidade e melhor experiência de navegação no nosso site. Saber mais